NOTÍCIAS

Como disse antes, o sangue é um sistema coloide que consiste principalmente de algumas proteínas plasmáticas, alguns eletrólitos e três elementos figurados: hemácias, leucócitos e plaquetas.   A camada interna do aparato vascular, chamada de íntima, é carregada negativamente, assim como os elementos figurados. Como são de cargas semelhantes, eles se afastam, isto é, os elementos sólidos se mantém próximos ao centro do vaso. Essa carga é possível de ser medida e dá-se o nome de Condutividade Específica (CS, do inglês Specific Condutance) que no sangue humano é, em média, de 12.000 SC.  E é o estado de dispersão dos elementos figurados que assegura a ótima função vascular.  O sangue humano contém 19 eletrólitos: sendo 8 essenciais (precisam ser adquiridos da alimentação) e 11 não-essenciais. Dos oito eletrólitos essenciais, quatro são catiônicos (carregados positivamente) e quatro são aniônicos (carregados negativamente). Dos onze não-essenciais, também chamados de minerais traço, oito são catiônicos e 3 aniônicos. Os principais ânions do plasma sanguíneo são os cloretos (Cl-), carbonatos (HCO3-), fosfatos (HPO4-) e sulfatos (S3O4-). São os principais responsáveis pela manutenção das forças de dispersão dos elementos no sangue. Os principais cátions são o sódio (Na+), potássio (K+), cálcio (Ca++) e magnésio (Mg++).  O pH normal do sangue se equilibra ente 7.35 e 7.40. Acima ou abaixo do normal, os aminoácidos desempenham papel preponderante na manutenção do equilíbrio, uma vez que podem se transformam em ânions ou cátions, de acordo com a necessidade. Se o meio estiver alcalino, ânions são produzidos, se em meio ácido, cátions são liberados. Chamamos este mecanismo de Reserva Alcalina. Nossa vida só é possível por termos este mecanismo compensatório. Os líquidos ou fluidos estão divididos em três compartimentos: intravascular (plasma), extracelular (intersticial) e o espaço intracelular.  O plasma e o intersticial possuem a habilidade de trocas íons rapidamente, enquanto que os ions do intracelular não são facilmente trocados.  Se a concentração iônica do plasma aumenta, metade dos cátions migra para o meio extracelular, onde são estocados num esforço para equilibrar o meio. Quando a concentração no plasma volta ao normal, os eletrólitos retornam ao plasma, para mais tarde serem eliminados pelos rins.  Entretanto, se a concentração iônica permanecer elevada, a migração de cátions continuará até que o próprio fluido extracelular se torne também hipertônico. Neste ponto, o corpo terá de produzir água numa tentativa de diluir a alta concentração no local. O edema, por exemplo, é a acumulação de líquido intersticial resultante da alta concentração iônica. Alguém com edema persistente está um maus lençóis. Abro um parênteses para explicar o funcionamento do rim. A urina é o resultado da contínua filtração do sangue pelos rins, cujo objetivo primário é preservar os eletrólitos essenciais.  O total de eletrólitos dissolvidos no plasma equivale a 9 g por litro de plasma (cerca de 1 colher se sopa), incluindo essenciais e não-essenciais, de tal maneira que a média não ultrapasse 12.000 SC. Sódio, cálcio, potássio e magnésio são todos catiônicos, totalizando cerca de 3,5 gramas. Cloretos, carbonatos, fosfatos e sulfatos são aniônicos e totalizam 5,5 g numa combinação ideal. Este padrão 3,5 por 5,5 é a Razão da Vida. Os rins é que normalmente fazem a reabsorção seletiva desses eletrólitos essenciais, não permitindo que eles sejam eliminados pela urina sem necessidade.  Para que esta filtração ocorra adequadamente é necessário que o sangue esteja em constante movimento. Por isso, é essencial preservar sua fluidez, o que só é possível se não houver coagulação, ou seja, se os elementos figurados do sangue não estejam aglomerados, impedindo o fluxo dentro do sistema circulatório.  Clinicamente, não temos como avaliar se o sangue está prestes a coagular ou não, mas a análise da urina é um razoável indicador da quantidade de sólidos dissolvidos no sangue, principalmente de medirmos a Condutividade Específica da urina. Quanto maior o número de íons presentes, maior a chance de diminuir o Potencial Zeta, diminuindo as forças de dispersão e aumentando a possibilidade de coagulação. .



Veja Artigos Voltar para Home

CONTATO
sac@biowatersystem.com.br

SITE SEGURO

FORMAS DE PAGAMENTO
Formas de Pagamento

Os preços e promoções divulgados no site são válidos apenas para compras feitas pela Internet. Em caso de divergência, o preço válido seré o do Carrinho de Compras. Imagens meramente ilustrativas. Tel: (11) 3667-5842.
End: Rua Barra Funda, 957 - Barra Funda, São Paulo CEP: 01152-000

© 2014 Bio Water System • Todos os direitos reservados